Factory no Angular: Consumindo uma API

Postado por em   ●   10 comentários

Se você está construindo uma aplicação web, é quase certeza que vai precisar consumir uma API.

As pessoas que estão iniciando com AngularJS acabam usando o controller para esse tipo de serviço, mas isso não é uma boa prática.

Então eu vou te apresentar a Factory, um tipo de serviço do Angular que vai ser uma mão na roda pra organizar a lógica da sua aplicação.

Você vai aprender nesse video como criar a sua própria factory e consumir uma API REST.

Baixe o código-fonte do projeto dessa videoaula.

Lista VIP de Front-end

Professor front-end da AlgaWorks. Trabalhando na área de desde 1998, acompanhou a evolução do desenvolvimento web desde o início do HTML 4, onde o CSS e o JavaScript eram lendas.

10 comentários sobre “Factory no Angular: Consumindo uma API

  1. Felipe -

    Cara, show de bola, já tinha visto essa maneira de codificação em alguns sites que pesquisei, mas da maneira como explica, deixou bem claro o porque de cada comando.

    Tenho uma dúvida, por exemplo, gostaria de deixar uma aplicação unica acessando o mesmo serviço porém em endereços diferentes, de acordo com cada cliente, banco de dados descentralizado, ou seja, cada cliente tem seu banco de dados, e, preciso acessa-lo de acordo com o cliente, o serviço ficaria no servidor de cada cliente. Será que tem como fazer algo que leia um ini com o endereço do serviço a ser utilizado?.

    Obrigado.
    Abraço.

  2. André -

    Muito bom Rodrigo
    Mandou muito bem a maneira como vc explicou.
    Aguardando ansioso pelo curso de AngularJS, com certeza vou adquirir
    Abraços

  3. Rodrigo Waltenberg Autor do post-

    Obrigado pessoal!

    Felipe, tem sim. Você pode acessar qualquer arquivo que estiver no servidor utilizando o service $http. Fica atento que em breve vamos falar sobre ele aqui no blog.

    Entretanto o que eu aconselho é fazer um arquivo que registra uma constante no Angular, assim:

    angular
    .module(‘nomeDoApp’)
    .constant(“configLocal”, {
    “db”: “http://localhost”,
    “port”: “80”,


    });

  4. Felipe -

    Valeu Rodrigo!!, obrigado pela dica, vou tentar fazer..

    Abraço.

  5. RENATO MOLEDO -

    Gostei da Aula muito boa, Mais tenho dúvida sobre a parte do Git, npm e etc. como posso obter ajuda?

    Desde já obrigado.

  6. André Caetano -

    Olá Rogrigo

    Gostaria de dar apenas uma sugestão.

    Os projetos de cada postagem do blog estão no GIT, porém já estão com o código da vídeo aula pronto. É interessante, pois caso o nosso projeto não funcione como esperado e não descobrimos onde esta o erro, podemos analisar e comparar com o seu projeto.

    Mas acho que seria interessante, ter também o projeto inicial da postagem do artigo em específico. Como podemos notar, a cada postagem o projeto vem evoluindo, achei bem legal isso, pois estou acompanhando desde do primeiro post.

    Porém pode acontecer que alguma postagem em específico, chame bastante a atenção de uma determinada pessoa. Assim ele pode acompanhar aquela vídeo-aula que chamou bastante a sua atenção, sem a necessidade de acompanhar as video-aulas anteriores.

    Dessa forma, no o fonte do projeto, teria dois:

    – Um para realizar a vídeo-aula;
    – Outro com o fonte completo;

    Abraços

  7. João Arthur -

    Cara muito bom!!! parabéns, sempre com conteúdo de ponta… já esperando pelo curso de Angular….

  8. Felipe -

    Boa Noite.

    Estou fazendo uma aplicação para estudo que consome uma api REST, me deparei com um problema, o fato de ser javascript, o código fica visível pelo browser, basta inspecionar para ver, como esconder o nosso código para que ninguém possa copiá-lo, já que o javascript permite ser copiado direto pelo navegador?. Tentei criptografar, mas a aplicação não funcionou mais. Teria alguma dica?.

    Obrigado.
    Abraço.

  9. Ilton Barbosa -

    Cara, que maravilha de aula! – super dinâmica.
    Parabéns!!!

Deixe um comentário